O Red Bull Air Race passou pelo Rio de Janeiro em 2007 e 2010 (Red Bull)

Um dos espetáculos esportivos mais radicais do mundo, o “Red Bull Air Race Championship”, será encerrado neste ano, informou a marca de bebidas energéticas nesta semana. Segundo a organização do campeonato, fora do meio da aviação, as corridas aéreas não conseguiram atrair o mesmo nível de interesse do público como em outros eventos da Red Bull e por essa razão foi cancelado.

A temporada deste ano será encerrada em setembro, após a etapa Chiba, no Japão. O campeonato de corrida aérea da Red Bull foi iniciado em 2003 e contou com 90 etapas no mundo todo, incluindo duas corridas no Rio de Janeiro, em 2007 e 2010.


O Red Bull Air Race é uma espécie de rali de aviões, um tipo de corrida onde os pilotos correm individualmente contra o relógio e tentam fazer o tempo mais rápido num percurso com obstáculos. As principais aeronaves utilizadas no campeonato são o Sukhoi Su-31 e o Extra330sc, modelos conhecidos pela excepcional capacidade de realizar acrobacias.

Nas temporadas de 2015 e 2016, o Brasil foi representado no Red Bull Air Race pelo piloto gaúcho Francis Barros, que competia na categoria de acesso “Challenge”.

Veja mais: Embraer avança na produção do primeiro E175-E2