O primeiro voo da Avianca vindo de Brasília pousa em Belém do Pará (Infraero)

Menor das quatro principais companhias aéreas brasileiras, a Avianca enfim reestreou voos para a região Norte do país nesta quarta-feira (20). O destino de estreia é Belém do Pará que passou a contar com voos diários partindo de Guarulhos (SP) e Brasília. Desde outubro de 2014 a companhia não voava para um destino na região, nesse caso Porto Velho, capital de Rondônia.

Ambas as frequências são operadas com aeronaves Airbus A320 com capacidade para 162 passageiros. Com duração de 2h35 e 3h35 (Brasília e São Paulo, respectivamente) os voos contam com serviço de bordo completo que inclui lanches quentes e frios além de bebidas inclusas, algo raro hoje no mercado nacional.


“A região Norte era a única que ainda não estava contemplada em nossa malha e hoje começamos com o pé direito, em uma das principais capitais do país e um importante polo turístico, que recebeu, em 2017, mais de 3 milhões de visitantes, segundo a Infraero. Agora, temos a oportunidade de levar ainda mais pessoas à região, oferecendo uma excelente experiência, com preços competitivos e ainda mais conveniência para conexões dentro e fora do país”, declarou Tarcísio Gargioni, vice-presidente da Avianca durante o voo inaugural.

Com isso, a Avianca passa a atender 26 destinos nacionais além de voos para no exterior para cidades como Miami, Nova York, Bogotá e Santiago do Chile, que inclsuive acaba de ganhar mais uma frequência semanal a partir de Guarulhos. Agora são três voos diários para a capital chilena, o mais novo partindo às 6h15 de São Paulo e às 10h40 (horário local) de Santiago. O novo voo é operado com o Airbus A330-200, widebody com capacidade para 238 passageiros em duas classes.

Para dar conta do aumento de voos a Avianca Brasil recebeu nos últimos dias uma unidade do A330 repassada pela “irmã” colombiana, que recebeu o prefixo PR-OBS (foto abaixo ainda com o registro americano). Agora, a companhia passa a ter em sua frota seis unidades do Airbus além de 51 jatos de corredor único – 7 A318, 4 A319 e 40 A320, 12 deles da versão Neo, a mais avançada do modelo.

Atualizado em 25/06/2018 para correção da informação graças ao alerta feito por um educado leitor de Airway que agradecemos de antemão.


Veja também: Avianca terá segundo voo diário entre São Paulo e Miami

A330-200 repassado pela Avianca colombiana reforça companhia brasileira que passa a contar com seis unidades do jato (Aero Ícarus)