O traslado é realizado pela Global Aviation, empresa de táxi-aéreo executivo (Divulgação)

O traslado é realizado pela Global Aviation, empresa de táxi-aéreo executivo (Divulgação)

Quem chega ou sai de São Paulo com as companhias aéreas parceiras GOL, Delta e Air France/ KLM agora tem direito a tarifas especiais para agendar o “You First”, serviço lançado recentemente que disponibiliza voos de helicóptero entre os aeroportos de Guarulhos e Congonhas.

Os passageiros de qualquer classe podem agendar o serviço por R$950, valor promocional exclusivo aos clientes das quatro empresas para este transporte.


O traslado de helicóptero é realizado pela Global Aviation e pode ser contratado diretamente pelo cliente, por meio do aplicativo de smartphone You First. O serviço pode ser utilizado em diversos horários, a partir das 6h15 para Congonhas e 6h30 para Guarulhos. O pagamento é por cartão de crédito no próprio aplicativo.

Como funciona o serviço em parceria com as companhias:

– no Aeroporto Internacional de Guarulhos:

1- Após o desembarque, o passageiro é recebido por um membro da Global Aviation identificado com a placa YOU FIRST;


Toda negociação do traslado é realizado pelo aplicativo You First (Divulgação)

Toda negociação do traslado é realizado pelo aplicativo You First (Divulgação)

2- Caso a bagagem exceda o peso máximo, ela será encaminhada ao endereço solicitado.

3- O cliente é acompanhado e conduzido por uma van ao local de embarque do helicóptero;

4- Ao chegar em Congonhas, ele é recebido na Sala VIP do hangar da Global Aviation.

– no Aeroporto de Congonhas:

1- O passageiro deve solicitar a retirada de sua bagagem com pelo menos 4h de antecedência ao voo. Ela é encaminhada ao balcão de check-in no Aeroporto Internacional de Guarulhos;

2- Ao chegar em Congonhas, o cliente é encaminhado até a Sala VIP, onde aguarda o embarque no helicóptero;

3- O voo para Guarulhos dura, em média, 15 minutos.

4- Ao chegar em Guarulhos, o passageiro é recebido e conduzido por uma van ao terminal para o check-in de seu voo.

Veja mais: Empresa brasileira vende jato executivo por cotas