O X-47B, primeiro caça não-tripulado embarcado da Marinha dos Estados Unidos, está cada vez mais esperto. Depois de completar provas de pouso e decolagem no porta-aviões “USS George HW Bush”, o drone desta vez realizou seu primeiro reabastecimento em voo.

A prova, realizada no dia 22 de abril, foi concluída com sucesso voando sobre a baia de Chesapeake, no estado americano de Virginia, onde o drone conseguiu um encaixa perfeito com a sonda do avião-tanque KC 135. Com a capacidade de reabastecer no ar, o X-47B pode aumentar consideravelmente sua autonomia e tempo que pode permanecer voando sobre o alvo.


Além de dispensar o tripulante, o X-47B também é um avião do tipo stealth, cujo design e material da fuselagem conseguem desviar as ondas de radar. É, portanto, um avião “invisível”.

O governo dos EUA ainda não decidiu se vai operar esse tipo de aeronave, que como se vê já se mostra plenamente operacional. O X-47B vem sendo desenvolvido desde o ano 2000 e seus estudos são conduzidos pela Northop Grumman.