Os jatos A380 da Air France são configurados para transportar até 516 passageiros (Air France)

Os jatos A380 da Air France são configurados para transportar até 516 passageiros (Air France)

O aeroporto internacional da Cidade do México recebeu na noite dessa segunda-feira (12) a primeira operação comercial regular do Airbus A380 na América Latina. A aeronave, operada pela Air France, assumiu a rota Paris – Cidade do México após a companhia aposentar sua frota de jatos Boeing 747-400.

Segundo a empresa francesa, o A380 vai voar três vezes por semana para o México e aumenta em 20% a capacidade de passageiros em relação ao 747 – o A380 da Air France é configurado para transportar até 516 ocupantes, distribuídos em quatro classes (La Première, Business, Premium Economy and Economy).


O México já havia sido o primeiro país na América Latina a receber um voo comercial de A380. O aparelho, pela Air France, inaugurou a rota Paris – Cancun em 2013, que em seguida foi assumida por modelos Boeing 777.

Com o início das operações do A380 no México, o Brasil, que era tido como o principal país da região para receber o “gigante” da Airbus, perdeu a chance de ser a primeira nação na América Latina a receber regularmente o maior avião de passageiros do mundo.

Em 2015, a Emirates Airlines comemorou seus oito anos de presença no mercado brasileiro com uma viagem de A380 entre Dubai e Guarulhos (SP). O avião, porém, não retornou – a rota é realizada por jatos Boeing 777-300.

A Air France possui uma frota com 10 aeronaves A380 (Air France)

A Air France possui uma frota com 10 aeronaves A380 (Air France)

A operação do maior avião da Airbus ainda não é viável no Brasil devido a baixa ocupação: o modelo que veio para São Paulo voltou para Dubai com apenas 261 passageiros, quase metade da capacidade do modelo operado pela companhia do Oriente Médio.


Veja mais: Acidentes aéreos tiveram queda de 16% no Brasil em 2015