Boeing 787 durante o primeiro voo

A Boeing planeja retomar a liderança em entrega de aviões comerciais perdida para Airbus em 2003 até 2014. O fabricante norte-americano acredita que assim que o 787 começar a ser produzido será possível superar a concorrente europeia.

Já há alguns anos, a Boeing consegue fechar mais encomendas que a Airbus, porém, o consórcio entrega mais aparelhos – em 2009 foram 498 unidades contra 481.


Pelo planejamento do fabricante americano, a virada pode ocorrer entre 2013 e 2014. Além do atrasado 787, a Boeing tem esperança nas entregas do novo 747-8, que voou pela primeira vez há alguns dias na configuração cargueira.