Boeing 787-8 da Air Europa (Alan Wilson/Wikimedia)

A presença do Boeing 787 nos aeroportos brasileiros só aumenta. Nesta semana, a companhia aérea Aeromexico passou a voar da Cidade do México para Guarulhos com a versão -9 do jato. E também nesta terça-feira (17) surgiu a informação no exterior que a companhia espanhola Air Europa passará a operar entre Madri e São Paulo com 787-8, a versão menor do avião da Boeing.

No caso da Aeromexico, houve uma pequena perda de assentos (três) em relação ao 777-200 utilizado até então. A companhia, no entanto, vai voar com um avião mais eficiente e confortável, capaz de transportar 274 passageiros. O jato também traz poltronas que reclinam 180º na classe executiva. A Aeromexico possui atualmente 15 unidades do 787, seis delas da versão 787-9 que está assumindo o lugar do “triple seven” (apenas três aeronaves na frota).



Já a Air Europa substituirá o Airbus A330-200, segundo o site Routes Online. O voo diário UX057/UX058 passará a contar com o Boeing 787-8 no dia 25 de março decolando às 23h40 de Madri e pousando em Guarulhos às 05h15. O retorno ocorre às 14h10 e o pouso na capital espanhola às 5h15 do dia seguinte (horários locais).

No caso da Air Europa, os passageiros perderão um assento na economia e ganharão dois na executiva, além de, nesse caso, poltronas com maior reclinação. A configuração interna do 787 é de 3-3-3 enquanto o A330 possui 2-4-2. O total de poltronas é de 298 no Boeing e 299 no Airbus.

Veja também: Emirates encomenda 40 Boeing 787-10

Boeing 787-9 da Aeromexico (Bram Steeman/Wikimedia)