O A330-900neo da Azul é configurado para transportar 298 passageiros (Luis Neves/Azul)

Decolou nesta sexta-feira (7) o primeiro voo internacional da Azul com o jato Airbus A330-900neo. A aeronave partiu do aeroporto de Viracopos, em Campinas, e segue para Orlando, nos Estados Unidos, onde deve pousar por volta das 18h15. Ainda neste mês, o novo avião também vai realizar voos da companhia para Portugal, onde opera em Lisboa e Porto.

O novo jato incorporado pela Azul conta 298 assentos, 27 a mais que os modelos A330 de primeira geração usados pela empresa. A cabine é dividida entre as classes Azul Buseness (34 assentos), Economy Extra (108 assentos) e Economy (156 assentos).


De acordo com a companhia, o novo A330neo consome até 14% menos combustível por assento do que o modelo anterior. A principais mudanças na aeronave são os motores mais eficientes e o novos wingles nas asas. Outra mudança importante no avião é a cabine Airspace desenvolvida pela Airbus com recursos de iluminação especial e sistemas de entretenimento de última geração.

“É com muita alegria que estamos operando hoje o primeiro voo internacional do nosso A330neo. Vê-lo voando pelos céus do Brasil e do exterior é um marco na história da Azul e da aviação continental, consolidando mais um passo em nosso plano de renovação de frota. Além de proporcionar maior conforto para nossos clientes, esses aviões irão também fortalecer a nossa malha internacional nos Estados Unidos e Europa, assim como permitirá que exploremos novos destinos”, afirma John Rodgerson, presidente da Azul.

Cruza o Atlântio: o A330-900neo tem autonomia de 7.200 milhas náuticas (Airbus)

A aeronave de matrícula PR-ANZ e nome de batismo “O mundo é Azul” será responsável por cumprir os voos internacionais da Azul para Europa e Estados Unidos. A previsão é de que o primeiro voo internacional com o A330-900neo para Portugal seja realizado no próximo dia 21 de junho, de Campinas para Lisboa.

No último sábado (1), Campinas e Recife receberam o primeiro voo comercial do A330-900neo da Azul.


O A330-900neo chega às mãos da Azul após um longo período de espera. A empresa planejava iniciar os voos com o novo jato no final de 2018 e chegou a anunciar os voos em algumas ocasiões. Porém, atrasos no projeto da Airbus adiaram a estreia da aeronave no mercado, lançada somente no começo deste ano com a TAP.

Veja mais: Mitsubishi pode assumir linha de jatos CRJ da Bombardier