A Azul vai servir cerveja em voos realizados entre às 17h00 e 21h00 (Azul)

A Azul vai iniciar suas operações na ponte aérea com jatos da Embraer (Azul)

A Azul anunciou hoje que vai começar a voar na ponte aérea Rio-São Paulo a partir do dia 29 de agosto. Os bilhetes para o trecho entre os aeroportos de Congonhas e Santos Dumont já estão à venda pelos canais oficias da companhia.

Ao todo, serão 34 operações diárias da Azul entre São Paulo e Rio de Janeiro, ampliando a concorrência no maior mercado doméstico do país e o quarto maior do mundo. Até então, o trecho era exclusivo das companhias Gol e LATAM.


“Estamos todos muito animados aqui na companhia, já que teremos a oportunidade de oferecer a ‘Experiência Azul’, com TV ao vivo, bebidas e snacks à vontade, em um mercado que ainda não operávamos. Vamos ter uma média de um voo a cada 50 minutos. Quebrar o duopólio nesse mercado é só a primeira etapa daquilo que acreditamos ser o melhor para o consumidor e a indústria. Ao fomentarmos a competição, só trazemos benefícios para o setor e para quem voa”, diz John Rodgerson, presidente da Azul.

Devido a reforma na pista principal do Santos Dumont, a Azul vai iniciar suas operações na ponte aérea com jatos Embraer E190 e E195, aeronave que podem operar a partir da pista auxiliar do aeroporto. A companhia, inclusive, será a única a operar no terminal carioca durante a fase de obras, que vai até 21 de setembro. Terminada a obra, a empresa passará a voar no trecho com jatos Airbus A320neo.

Veja mais: Azul, MAP e Passaredo ficam com slots da Avianca em Congonhas