O Boeing 737-400F pode transportar até 20 toneladas de carga (wcbd)

O Boeing 737-400F pode transportar até 20 toneladas de carga (wcbd)

A companhia aérea Azul anunciou nesta quarta-feira (11) o arrendamento de duas aeronaves cargueiras em sua frota, modelos Boeing 737-400F (versão do jato comercial 737 convertido para o transporte de cargas). Segundo a empresa, os jatos serão operados por sua unidade de carga, a Azul Cargo Express, e devem entrar em operação no início do segundo semestre deste ano.

“Tomamos a decisão de arrendar dois cargueiros pois enxergamos a necessidade de contar com aeronaves de forma exclusiva para o transporte de cargas. Os 737 foram escolhidos pelo seu baixo custo operacional, alta capacidade de carga e histórico de confiabilidade. Com esses aviões, teremos mais autonomia para definir a malha, de acordo com as necessidades dos nossos clientes, e também poderemos oferecer novos serviços, como o de fretamento. Sem dúvidas, esses cargueiros virão para potencializar nossa expansão”, disse Izabel Reis, diretora da Azul Cargo Express.



O 737-400F é baseado no 737 Classic, a segunda geração do avião mais popular da Boeing (o modelo atual é o 737 MAX, a quarta geração da série), produzido entre 1984 e 2000 e que somou 1.988 unidades entregues. A aeronave tem capacidade para transportar até 20 toneladas de carga.

Com a incorporação das aeronaves de carga a companhia afirma que espera elevar a receita da Azul Cargo Express em 40% neste ano, ampliando a oferta de serviços para regiões e rotas de maior volume. A divisão de carga da Azul opera atualmente aproveitando o espaço nos porões de carga das aeronaves que transportam passageiros.

Veja mais: Azul é eleita a melhor companhia aérea da América Latina