A Azul será um dos primeiros operadores do novo jato Airbus A330neo (Airbus)

A Azul adiou para o dia 4 de fevereiro de 2019 o início de suas operações comerciais com o jato de nova geração Airbus A330-900neo. Essa já é a segunda mudança na data de estreia da aeronave. Originalmente, o primeiro voo com o modelo era programado para o 21 de dezembro deste ano e, em seguida, foi adiado para 16 de janeiro de 2019. Em contato com o Airway, a companhia disse que não comenta sobre o assunto.

O primeiro voo da empresa com o A330neo será a rota entre Campinas (Aeroporto de Viracopos), no estado de São Paulo, e Orlando, nos Estados Unidos. A aeronave também será introduzida no trecho Campinas – Lisboa, no dia 5 de fevereiro, e nos voos para Fort Lauderdale, nos EUA, a partir de 12 de março, apontou o Routes Online.


A Azul é até o momento a única companhia da América do Sul que confirmou a encomenda do novo jato widebody da Airbus. A empresa vai receber cinco A330-900, o maior modelo na nova série A330neo (que também contempla o A330-800). Os aviões serão entregues pela Avalon, empresa internacional especializada em leasing de aeronaves.

Os A330neo da Azul serão configurados com 298 assentos, 27 a mais em relação aos atuais A330 operados pela companhia – a empresa utiliza atualmente sete jatos A330-200 em voos para os Estados Unidos e Europa.

De acordo com a Airbus, o A330neo é cerca de 14% mais eficiente em consumo de combustível comparado ao modelo da primeira geração. As principais novidades na aeronave são os motores de última geração e o novo design das asas, de maior envergadura.

O A330neo será operado pela Azul no Brasil a partir de (Airbus)

O A330neo é oferecido nas versões A330-800 e A330-900 (Airbus)

O primeiro operador do A330neo será a companhia TAP, de Portugal, hoje controlada pela Azul, e sua estreia em voos comerciais é esperada para as próximas semanas. A lista de clientes do novo avião da Airbus ainda inclui empresas como a Delta, Iran Air e Hawaiian Airlines. Já o A330-800neo, o menor modelo da nova série, por enquanto recebeu apenas uma carta de intenção de compra da Kuwait Airways.


Veja mais: Gol altera logomarca para evitar confusão com “Gool”