O aeromodelo do ITA possui um câmera com sistema de transmissão em tempo real (ITA)

O aeromodelo do ITA possui um câmera com sistema de transmissão em tempo real (ITA)

A equipe Leviatã, do Instituto Tecnológico Aeroespacial (ITA), de São José dos Campos (SP), partiu nesta semana para Fort Worth, nos Estados Unidos, para a disputa do SAE Aero Design East, entre 11 e 13 de março. O time do ITA é um dos quatro representantes brasileiros na competição universitária.

Cada equipe precisa projetar uma aeronave que seja capaz de lançar em pleno voo, em altura determinada, um pacote sobre um alvo estabelecido pela organização da prova. O time Leviatã vai a para a disputa com dois modelos rádio controlados, construídos por 12 estudantes de graduação e pós-graduação em Engenharia Aeroespacial do ITA.


Os aviões do ITA competem na categoria “Advanced”, a mais avançada da competição. Os modelos têm 4,4 metros de envergadura e são feitos com materiais como madeira balsa, espuma PVC e fibra de carbono. Já o motor é a combustão, do mesmo tipo utilizado em aeromodelos. O aparelho ainda possui uma câmera com sistema de transmissão em tempo real, para auxiliar na ejeção das cargas.

“Vamos buscar neste ano conquistar o campeonato mundial e, quanto ao nacional, manter nossa colocação na classe Advanced e conquistar a classe Regular com nosso grupo estreante. Dessa forma, colocaríamos o ITA como referência mundial na construção de aeronaves de pequeno porte e reforçaríamos a importância do país no setor aeroespacial”, diz Rafael Prado, membro da equipe Leviatã.

O ITA tem histórico de bons resultados no campeonato universitário nos EUA, como o vice-campeonato em 2002, 4º lugar em 2004, 5º lugar em 2010 e 3º lugar em 2011. Neste ano, o time de São José dos Campos vai competir com outras 75 equipes do mundo todo na categoria Advanced.

A equipe Leviatã conquistou a vaga para competir na SAE Aero Design East quando foi campeã da classe Advanced no SAE Brasil Aero Design 2015, realizada em São José dos Campos. A competição tem três categorias: Micro, Regular e Advanced.

Os times de estudantes EESC-USP Alpha (Escola de Engenharia de São Carlos – USP) e UNESP Aerofeg (de Guaratinguetá) também confirmaram presença na disputa nos EUA. Essas equipes foram, pela ordem, a campeã e vice-campeão na categoria Regular no SAE Brasil Aero Design 2015.

Equipes de alunos da Unesp Guaratinguetá e USP São Carlos também vão para a competição (Divulgação)

Equipes de alunos da Unesp Guaratinguetá e USP São Carlos também vão para a competição (Divulgação)

Outra equipe confirmada é a Mike, também formada por estudantes da USP São Carlos, atual vencedora na classe Micro.

Veja mais: Boeing desenvolve toalete autolimpante