O 737 MAX 8 da Gol é configurado para transportar até 186 passageiros (Gol)

O 737 MAX 8 da Gol pode levar até 186 passageiros, mas em voos internacionais ela bloqueia parte dos assentos (GOL)

Após um intervalo de quase três anos a Gol voltou a voar para os Estados Unidos neste domingo, 4. A companhia havia anunciado a suspensão dos voos entre o Brasil e o continente norte-americano no final de 2015. Na época, a economia brasileira já andava abalada e a rota para a Flórida contava com muitos concorrentes, todo eles operando widebodies sem escalas enquanto a companhia brasileira utilizava o Boeing 737-800, avião que precisava de uma parada no Caribe para chegar a Miami.

A aquisição do novo Boeing 737 MAX 8, no entanto, abriu a possibilidade de retomar os destinos para os EUA, o que a Gol confirmou em janeiro deste ano. Graças ao maior alcance, o 737 MAX consegue voar de algumas cidades brasileiras para o estado da Flórida sem necessidade de escalas, mas não a partir do Rio de Janeiro ou São Paulo, onde estão os aeroportos mais movimentados do país.



A solução foi aproveitar aeroportos que possuem uma atuação significativa como hub nacionais e que estão dentro do alcance da aeronave. Por isso a capital federal e Fortaleza foram escolhidas como local das partidas para Miami e Orlando, duas cidades americanas que recebem milhares de brasileiros. Enquanto Brasília está próxima do Sudeste e Sul do Brasil, Fortaleza concentra o fluxo de passageiros do Nordeste e parte do Norte.

O tempo de voo varia de cerca de 7h30 a 8h00 e o passageiro encontra wi-fi a bordo e poltronas com intervalo de 34 polegadas (86,5 cm) na classe Gol+conforto além da Gol Premium em que o assento central não é ocupado. Não há, por outro lado, sistema de entretenimento individual como nos 737 MAX da Copa Airlines, outra companhia que utiliza o Boeing nos voos da região.

Baixa ocupação entre os EUA e o Brasil

Segundo dados compartilhados em redes sociais, os primeiros voos nas duas rotas estariam com uma ocupação alta entre o Brasil e os EUA, mas bem menor na rota de retorno. No voo entre Orlando e Fortaleza, por exemplo, existiam 53 reservas até 3 de novembro para o voo desta terça-feira, 6 – o site questionou a empresa para saber os dados reais.

Com cinco unidades do Boeing 737 MAX 8 recebidas e uma sexta aeronave prestes a chegar, a Gol anunciou durante a cerimônia de inauguração do voo que abrirá novas rotas internacionais a cada três meses – a companhia já revelou que voará para Quito, no Equador, a partir de dezembro.

Veja também: Gol anuncia primeiro voo internacional partindo do Espírito Santo

A Gol foi a companhia nacional que mais transportou passageiros em 2017, com 36,2% de participação (GOL)

A Gol foi a companhia nacional que mais transportou passageiros em 2017, com 36,2% de participação (GOL)