O Airbus A220-100 da Delta em seu primeiro voo oficial (Delta)

Finalmente, após disputas judiciais e até mesmo uma mudança de nome e fabricante, a Delta estreou seu primeiro voo com o novo Airbus A220-100. Com 109 lugares  (12 na Primeira Classe, 15 na Econômica Conforto e 82 na Econômica tradicional) o novo jato decolou do Aeroporto de La Guardia, em Nova York, com destino a Boston na noite da quinta-feira, 7 de fevereiro.

“Temos grandes planos para esta aeronave”, afirmou Chuck Imhof, vice-presidente de vendas da Delta. “Será parte integrante de nossa futura frota doméstica e proporcionará uma experiência que nossos clientes aguardarão ansiosamente toda vez que voarem”, concluiu.


O A220-100 da Delta estão equipados com comodidades como tela individual, assentos mais largos e internet a bordo do padrão 2Ku, de alta velocidade. Recentemente, a companhia anunciou um acréscimo de 15 aviões na encomenda original, elevando o total para 90 unidades.

Boeing derrotada

Ex-CS100, o jato foi concebido pela canadense Bombardier que recebeu uma encomenda de 75 aeronaves da Delta em 2016. O negócio incomodou a gigante Boeing que tentava vender o 737 MAX 7, um avião de maior porte e mais caro que seu rival.

A fabricante norte-americana acabou apelando para a Comissão Internacional de Comércio dos EUA alegando que a Bombardier oferecia seus aviões com enormes descontos por conta de subsídios do governo canadense e que portanto a concorrência era desleal.


 

Apenas em janeiro de 2018 a comissão decidiu de forma unânime em favor da Bombardier, viabilizando o negócio. A Delta então recebeu seus primeiros A220-100 em outubro do ano passado, já das mãos da Airbus, que adquiriu 51% do programa da fabricante canadense.

Para evitar possíveis ações contra o jato, a Airbus decidiu fabricar parte dos A220 nos Estados Unidos, em sua unidade de Mobile, no Alabama.

Funcionários da Delta comemoram a estreia do A220

Funcionários da Delta comemoram a estreia do A220

Veja também: Airbus A220 recebe autorização para voos transoceânicos