Selo dimensional da ANAC

A ANAC se inspirou na etiqueta de eficiência energética do Inmetro para criar o selo dimensional das aeronaves comerciais que operam no Brasil. A ideia do órgão é deixar clara a informação sobre o espaço das poltronas que as companhias aéreas oferecem no país.

O formato da etiqueta da ANAC é parecido com a do Inmetro: classifica o espaço entre as fileiras em cinco notas, de A a E. A faixa A é maior com mais de 73 cm; a B, de 71 cm a 73 cm, a C, de 69 cm a 71 cm, D, de 67 cm a 69 cm, e E, com menos de 67 cm.


A ANAC chegou à esses números após pesquisar 5,3 mil passageiros e constatando que as medidas glúteo-joelho do brasileiro variam de 55 cm a 65 cm. As companhias terão até setembro de 2010 para afixar a etiqueta em determinados lugares no avião e no bilhete.