O primeiro E190 da Amas Bolívia chega à Santa Cruz de La Sierra (Reprodução/Redes sociais)

A companhia aérea Amaszonas começou a colocar em prática seu projeto de expansão e modernização da frota na semana passada quando recebeu o primeiro de dois jatos Embraer E190 usados. O modelo substituirá os aviões canadenses Bombardier CRJ-200 com 50 lugares oferecendo mais do que o dobro da capacidade. As aeronaves são configuradas para levar 112 passageiros e passarão a ser usadas no mês que vem.

Em nota, a Amaszonas afirma que “a aeronave aguardará os trâmites legais das autoridades competentes até obter a liberação dos certificados operacionais”. O primeiro jato pousou na sede da empresa em Santa Cruz de La Sierra exibindo um novo padrão de pintura que inclui até mesmo a denominação da companhia aérea, agora chamada de “AMAS Bolívia” em alusão ao coração estilizado que tornou-se seu novo logo.


O trabalho de remodelação da imagem corporativa da companhia aérea boliviana foi responsabilidade do brasileiro Gianfranco Beting, que atuou muitos anos como diretor de marketing da Azul Linhas Aéreas desde a sua fundação. Em post em uma rede social, Beting escreveu:

Voos para o Brasil

A companhia boliviana, que tem subsidiárias em outros países do continente, já voou para o Brasil em outras ocasiões, porém, por períodos curtos. Desta vez, a Amas Bolívia pretende que a atuação seja mais duradoura e estabeleça as bases para um crescimento constante. A empresa passará a voar entre Santa Cruz de La Sierra e Rio de Janeiro e Foz do Iguaçu a partir de 15 de dezembro com três frequências semanais.

No ano passado, a Amaszonas Paraguai operou voos entre Assunção e São Paulo e chegou a anunciar trechos para Campo Grande, Curitiba e Porto Alegre. As operações, porém, foram suspensas.

Os voos da Amaszonas entre Campinas e Assunção são operados com o jato canadense Bombardier CRJ 200 (Divulgação)

Os voos da Amaszonas entre Campinas e Assunção foram operados com o jato Bombardier CRJ-200 (Divulgação)

Veja também: Azul anuncia novo voo entre Belo Horizonte e Fort Lauderdale