A Alemanha é a primeira entidade governamental a escolher o A350 para transportar autoridades (Airbus)

O governo da Alemanha anunciou nesta segunda-feira (20) um pedido de três jatos Airbus A350 na versão corporativa, o ACJ350-900, tornando-se a primeira entidade governamental a escolher esse avião para a função de transporte de autoridades.

Além do transporte de governantes, as aeronaves também poderão ser convertidas para transportar tropas militares e servirem em missões de evacuação médica. A entrega do primeiro avião está prevista para 2020 e as outras duas em 2022, informou a Airbus.


A fabricante acrescentou que os aviões encomendados pela Alemanha contarão com acessórios pré-instalados e interfaces padronizadas para facilitar a instalação de paredes e móveis pelo interior da fuselagem da aeronave.

“O ACJ350 XWB é o que há de mais moderno em viagens de jatos particulares de longa distância, com a capacidade de transportar grandes grupos sem escalas pelo mundo com conforto, eficiência e confiabilidade inigualáveis”, diz o presidente da Airbus Corporate Jets (ACJ), Benoit Defforge.

O ACJ350-900 pode ser configurado para transportar 25 passageiros e percorrer um total de 20.550 km ou permanecer voando por mais de 22 horas. Como comparação, o A350-900 usado na aviação comercial tem espaço para até 325 ocupantes e autonomia limitada em 15.000 km.

A confirmação da encomenda de novas aeronaves é um alívio para o governo alemão. Nos últimos meses, viagens de delegações do país, inclusive com a participação da chanceler Angela Merkel, atrasaram devido a avarias nas principais aeronaves de transporte oficial do país.


Governantes da Alemanha tem a disposição atualmente uma frota composta por dois Airbus A340, dois A319, um A310, quatro Bombardier Global 5000 e três helicópteros Eurocopter AS532 Cougar.

Veja mais: Conheça as aeronaves que transportam autoridades no Brasil