(Airbus)

O drone Skyways entregou itens marítimos a um navio a 1,5 km de distância da costa (Airbus)

A Airbus começou neste mês, em Cingapura, testes de abastecimento de embarcações a partir da costa com seu drone de entregas Skyways. Essa é a primeira vez que a tecnologia de drones foi usada em condições portuárias reais para entregar itens marítimos à embarcações ancoradas.

O primeiro voo de entrega foi feito para o “M/V Pacific Centurion”, um navio de reboque e manuseio de âncoras da Swire Pacific Offshore, a 1,5 km da costa do Píer Marina South de Cingapura, carregando 1,5 kg de componentes feitos com impressora 3D. Após aterrissar com segurança no deque da embarcação e depositar sua carga para o comandante, o drone rapidamente retornou à sua base. O voo de ida e volta foi realizado em 10 minutos.


Os testes estão sendo feitos em parceria com a Wilhelmsen Ships Services, empresa do setor de logística marítima e serviços portuários. Durante os testes, o drone Skyways decola do píer com uma capacidade de carga de 4 kg e se orienta de forma autônoma por “corredores aéreos” pré-determinados até embarcações ancoradas a até 3 km da costa.

“Estamos muito animados em lançar o primeiro teste desse tipo no mundo marítimo. As conquistas de hoje são resultado de meses de preparação intensa de nossa equipe dedicada e também da forte colaboração com nosso parceiro, conforme navegamos por uma nova área da indústria marítima”, disse Leo Jeoh, líder do projeto Skyways da Airbus.

(Airbus)

O próximo teste com o Skyways será realizado no ambiente urbano de Cingapura (Airbus)

“A agora comprovada operação ininterrupta de entrega de drones da costa à embarcação, em um dos portos mais movimentados do mundo, prova que o trabalho duro, o investimento e a fé que nós, e também nossos parceiros, depositamos no projeto Agency by Air ao longo dos últimos dois anos não foram em vão”, afirma Marius Johansen, vice presidente comercial da Wilhelmsen Ships Services.

A Airbus aponta que uso de sistemas de aeronaves não tripuladas na indústria marítima abre espaço para uma possível ampliação do portfólio de serviços de suporte a navios, acelerando entregas em até seis vezes, reduzindo os custos de entrega em até 90%, minimizando o impacto ambiental e diminuindo significativamente o risco de acidentes relacionados a entregas por barcos.


Após demonstrar sua habilidade em entregar cargas para embarcações ancoradas próximas à costa de Cingapura, o Skyways começará em breve uma fase de testes para entregar pacotes de maneira autônoma em ambientes urbanos, na Universidade Nacional de Cingapura.

O drone da Airbus pode transportar até 4 kg de carga (Airbus)

O drone da Airbus pode transportar até 4 kg de carga (Airbus)

Veja mais: Airbus desenvolve pipa tecnológica para impulsionar navios