O Airbus A320 durante seu primeiro voo em 1987: sucessor a caminho? (Airbus)

A Airbus está contratando designers e engenheiros para ajudá-la a desenvolver dois novos projetos de jatos comerciais para serem lançados em meados da década de 2020, segundo revela a Bloomberg.

O artigo afirma que a fabricante estuda uma versão avançada do widebody A350 com motores mais econômicos e outros aprimoramentos. No entanto, é o segundo projeto que chama a atenção. Trata-se de um novo jato comercial de corredor único, o primeiro que ela planeja desde 1984 quando lançou a bem sucedida família A320.


Consultada pela Bloomberg, a Airbus afirmou que está “avaliando muitas formas de aprimorar nossa linha de produtos, existem muitos estudos, mas nem todos verão a luz do dia.”

Embora a fabricante não revele detalhes de seus planos, as informações sobre as funções oferecidas descrevem aeronaves capazes de serem produzidas em ritmo muito veloz – 100 unidades do jato narrowbody e 20 do hipotético A350neo por mês, muito superior ao atual ritmo de produção do A320 (60 aviões por mês) e do A350 (10 aeronaves).

No cerne dos planos da Airbus está o desenvolvimento de novos motores com ultra-alta taxa de contorno (bypass ratio), os chamados “ultrafans”. Certamente, para justificar um projeto totalmente novo, a empresa pretende desenvolver uma fuselagem e asas altamente eficientes que possam colocá-la em vantagem em relação à Boeing.

Se realmente der luz verde para o projeto será a primeira vez que um grande fabricante de jatos comerciais decide aposentar uma família de corredor único em vez de aprimorá-la. A Boeing, por exemplo, mantém o 737 em produção há mais de 50 anos e mesmo a McDonnell Douglas criou várias versões atualizadas do DC-9 original antes de ser absorvida pela concorrente.

Porém, antes de pensar no novo avião, a Airbus revela no texto das vagas de emprego que lançará mais duas versões do A320. A primeira deve ser a XLR capaz de voar ainda mais longe que a LR, e a segunda, possivelmente um A321 alongado para enfrentar o futuro Boeing NMA, também chamado informalmente de 797.

A350: Airbus já estuda melhorias no seu widebody para a próxima década (Airbus)

Veja também: Airbus é pressionada por TAP e Azul para entreguar primeiros A330neo