(Airbus)

A Hawaiian Airlines vai receber 18 jatos A321neo “Made in USA” até 2020 (Airbus)

A companhia aérea Hawaiian Airlines recebeu nesta semana o primeiro jato Airbus A321neo fabricado nos Estados Unidos. A aeronave é a primeira da nova geração A320neo produzida na planta do grupo europeu em Mobile, no Alabama, inaugurada em julho de 2015 e que até então produzia somente os modelos A320 e A321 da série anterior, hoje chamada de “ceo”.

“A Airbus entende o desafiador mercado de companhias aéreas e continua na vanguarda do desenvolvimento e produção de aeronaves que excedem os padrões do setor em segurança, eficiência e confiabilidade. A Hawaiian reconheceu o compromisso da Airbus com a inovação e não poderíamos estar mais orgulhosos de cumprir esta promessa com a nossa primeira aeronave A321neo, fabricada nos EUA”, disse Bob Lekites, vice-presidente executivo da Airbus Americas.



A companhia havaiana encomendou um total de 18 jatos A321neo. Todas as aeronave serão produzidas na fábrica da Airbus no Alabama e entregues até 2020. Atualmente, a Hawaiian oferece voos diários sem escalas em jatos A321 de Portland e Long Beach para Honolulu, no Havaí.

O A321neo recebido pela Hawaiian Airlines é equipado com motores Pratt & Whitney PW1000G, que aliado as demais evoluções aerodinâmicas introduzidas no novo jato proporciona uma economia de combustível de até 15% comparado ao A321ceo.

“O A321neo é a aeronave ideal para compartilharmos nossa hospitalidade havaiana com mais passageiros à medida que expandimos nossa rede ocidental dos EUA e proporcionamos maior acesso a toda a nossa cadeia de ilhas. Estamos ansiosos por mais entregas de Mobile”, celebrou Jon Snook, vice-presidente e diretor de operações da Hawaiian Airlines.

O A321neo da Hawaiian Airlines conta com assentos de classe executivo (Airbus)

O A321neo da Hawaiian Airlines conta com assentos de classe executivo (Airbus)

Além da fábrica no Alabama, a Airbus também produz os jatos da família A320 nas unidades em Hamburgo, na Alemanha, Toulouse, na França, e Tianjin, na China.

Veja mais: Primeiro Airbus A330neo da Azul é flagrado com pintura completa