Nem A350 muito menos o 787. O widebody que tem se destacado por enquanto em Le Bourget é o A330neo, variante avançada do birreator original, lançado nos anos 90. Após um longo período de testes, o jato começou a ser entregue no final do ano passado e tem ampliado sua presença no mundo. Recentemente ele foi entregue para a Delta Air Lines e para a Azul Linhas Aéreas, mas é a TAP Air Portual sua primeira e maior operadora, que já conta com 10 unidades em sua frota.

Na esteira dessa estreia, a Airbus aproveitou o Paris Air Show para ampliar a lista de clientes do modelo. A Virgin Atlantic, por exemplo, decidiu substituir seus A330ceo (quatro A330-200 e dez A330-300) pelo A330-900neo. O anúncio ocorreu no primeiro dia do evento com a presença do CEO da empresa Shai Weiss e o CEO da Airbus Guillaume Faury.


A companhia aérea britânica adquiriu oito A330-900 e fará o leasing de outros seis aviões com a Air Lease Corporation – os primeiros jatos serão entregues em 2021.

Além do A330neo, a Virgin Atlantic também encomendou 12 A350-1000 cujos quatro primeiros unidades serão entregues em 2019. Eles substituirão os oito Boeing 747-400 atualmente utilizados em rotas de longo alcance. A Virgin ainda tem em sua frota os widebodies Boeing 787 e o A340-600.

Nesta terça-feira foi a vez da low cost Cebu, das Filipinas, assinar um memorando de intenções com a Airbus para adquirir 31 aviões, 16 deles do A330neo que serão configurados em classe única com 460 assentos. Vale lembrar que esse tipo de acordo não significa ainda uma encomenda final, o que só ocorrerá após a assinatura do contrato.

O A330-900 é equipado com o turbofan Trent 7000 da Rolls-Royce e compartilha avanços tecnológicos introduzidos pelo A350 com uma nova asa mais eficiente e dotada de “sharklets”. A fabricante desenvolveu uma nova cabine batizada de Airspace e que estreou com a TAP Air Portugal. Segundo a Airbus, ele é 25% mais econômico que aviões semelhantes mais antigos.


A Virgin vai trocar seus A330ceo pelo A330neo (Airbus)

Maior cliente do A330neo

Para destacar ainda mais o jato, a Airbus entregou o primeiro A330neo para a companhia aérea Air Asia, maior cliente do modelo no mundo com 66 aviões encomendados. A aeronave, que está realizando demonstrações durante a feira, seguirá para a afiliada Air Asia X Thailand e deve assumir voos entre a Tailândia e a Europa sem escalas. A Air Asia X possui hoje uma frota de 36 A330-300, maior versão da família original.

Em comum todos esses aviões são da versão A330-900, a de maior capacidade do modelo e que continua a ser a única a atrair interessados. A outra variante, a menor -800, posui apenas dois clientes e 10 unidades encomendadas.

A low cost Cebu, das Filipinas, assinou um memorando para compra de 16 A330-900 (Airbus)

Veja também: Azul realiza primeiro voo internacional com o A330-900neo