A Egyptair é a sexta companhia que recebe o A220, antes chamado de Bombardier CSeries (Airbus)

A companhia Egyptair, do Egito, recebeu na última sexta-feira (6) seu primeiro Airbus A220-300, tornando-se o primeiro operador da aeronave no Oriente Médio e Norte da África. A empresa com sede no Cairo encomendou 12 unidades do jato para voar em trechos domésticos e internacionais.

“Os aviões A220 da Airbus são essenciais para a execução da estratégia de desenvolvimento de negócios Egyptair Horizon 2025 e do plano de otimização da frota”, disse o capitão Ahmed Adel, presidente e CEO da Egyptair Holding Company, durante a entrega da aeronave em Mirabel, no Canadá.


A cabine do A220-300 da companhia egípcia é configurada com 140 assentos em duas classes: 15 na classe econômica premium e 125 na econômica.

A Egyptair é o sexta companhia aérea que recebe o novo jato da Airbus, antes chamado de Bombardier CSeries (modelos CS100 e CS300). Outros operadores da aeronave são a Swiss Air, airBaltic, Korean Air, Delta Air Lines e Air Tanzania.

Principal concorrente dos E-Jets 2 da Embraer, a série A220 soma atualmente mais de 500 unidades encomendadas, quase o triplo do volume de pedidos firmes pelos jatos fabricado no Brasil.

As encomendas pelo A220 praticamente dobraram após a Airbus assumir o controle do programa CSeries em julho de 2018. A serie ainda contempla o modelo A220-100 (ex-CS100), projetado para transportar entre 116 e 135 passageiros.


Veja mais: Maior jato comercial da Embraer, E195-E2 inicia sua carreira nesta semana