O EHang 184 é uma espécie de drone gigante; modelo conta com oito motores elétricos (EHang)

O EHang 184 é uma espécie de drone gigante; modelo conta com oito motores elétricos (EHang)

A Agência de Estradas e Transportes (RTA) de Dubai autorizou o início das operações do primeiro táxi voador autônomo do mundo, o EHang 184, desenvolvido na China. O aparelho, um quadricóptero com propulsão totalmente elétrica, entra em ação a partir de julho, como informou Mattar Al-Tayer, diretor-geral da RTA, nessa terça-feira (14), durante o World Government Summit, encontro de governantes do mundo todo.

Segundo a autoridade árabe, o veículo já foi testado em Dubai e está pronto para iniciar “operações regulares”. O EHang 184 é capaz de transportar um passageiro com uma mala, totalizando até 120 kg, por um trajeto de meia hora ou 50 km de distância, o que segundo o fabricante chinês é um alcance seguro para as baterias do táxi voador.

Como explica o fabricante chinês, o passageiro poderá escolher o destino desejado a partir de uma tela sensível ao toque no painel do táxi. As primeiras rotas serão predefinidas e o veículo será monitorado e controlado por sinal 4G a partir de um base terrestre.

EHang 184 também será capaz de tomar decisões sozinho. No caso de uma emergência, a aeronave poderá avaliar a situação inesperada, como um colisão com pássaro ou condições climáticas ruins para o voo, e tomar as medidas de segurança mais adequadas. Dependendo da gravidade da ocorrência registrada durante a viagem, a central de controle também poderá abortar o voo.

Dubai será a primeira cidade do mundo a operar um táxi-voador (EHang)

Dubai será a primeira cidade do mundo a operar um táxi-voador (EHang)

Os comandos e navegação da aeronave pessoal são orientados por sensores capazes de detectar objetos próximos. O único controle presente no aparelho é um botão de emergência, que ao ser acionado pelo ocupante faz a aeronave pousar imediatamente.

Em Dubai, o EHang 184 poderá alcançar velocidade máxima de 100 km/h e voar a cerca de 900 metros de altitude. Já as baterias que alimentam os oito motores elétricos podem ser recarregadas em aproximadamente duas horas, informou o fabricante.

O veículo é concebido para transportar um passageiro e uma mala, com um total de até 120 kg (EHang)

O veículo é concebido para transportar um passageiro e uma mala, com um total de até 120 kg (EHang)

A EHang, fundada em 2006, é especializada na fabricação de drones para captação de imagens. O modelo 184, apresentado em 2016 em Las Vegas, Consumer Electronics Show, é a primeira experiência da empresa na construção de um veículo de transporte pessoal.

Nota do editor: João Dória, prefeito de São Paulo, está presente no evento em Dubai. Quem sabe ele também se interessa pelo táxi voador da EHang…

Veja mais: Airbus começa a projetar carro voador