Bombardier CS300 decola: Swiss é a primeira a operar o jato que rivaliza com o 737 e o A319neo (Divulgação)

A companhia aérea Swiss recebeu na sexta-feira (26) o primeiro jato CS300, da Bombardier. Irmão maior do CS100, que também estreou pela companhia suíça, o CS300 oferecerá 20 assentos a mais e entrará em serviço na terça-feira (01) a partir da cidade de Genebra, na parte “francesa” da Suíça.

O CS300 é na prática o primeiro jato da fabricante canadense capaz de incomodar os grandes competidores do setor de aviação comercial, a Boeing e a Airbus. Como pode levar até 160 passageiros (145 na configuração da Swiss sendo 30 na executiva e 115 na econômica), o novo jato é rival direto do Boeing 737 MAX 7 e do Airbus A319neo.

A maior diferença em relação a eles é a configuração de fileiras de assentos 3+2 em vez 3+3 da Boeing e Airbus. O avião canadense é por isso mais longo que eles. Tem 38 metros de comprimento contra 33,8 m do A319neo e 33,6 m do 737 Max 7. Isso o torna mais capaz que o Airbus mas um pouco inferior ao Boeing que também é mais potente (veja tabela abaixo).

Pesa contra ele, no entanto, o longo período de desenvolvimento e as incertezas de ser um projeto 100% novo enquanto seus concorrentes partem de bases conhecidas e amplamente difundidas por várias companhias aéreas no mundo. As promessas, entretanto, são similares a de todos os fabricantes: menor custo de operação, sistemas de última geração e um interior moderno e cheio de recursos.

Ficha técnica CS300 A319neo 737 Max 7 E-195-E2
Comprimento 38 m 33,84 m 33,63 m 41,5 m
Envergadura 35,1 m 35,8 m 35,92 m 35,1 m
Altura 11,5 m 11,76 m 12,5 m 10,9 m
Peso máximo de decolagem  65.000 kg 64.000 kg 72.348 kg 60.700 kg
Capacidade de passageiros 160 156 172 146
Alcance 3.260 km 6.950 km 7.084 km 4.540 km
Motores PW1524G Leap 1A Leap-1B PW1923G
Potência 10560 kg 10886 kg 12150 kg 10432
Configuração de assentos 3+2 3+3 3+3 2+2

Fora do alcance da Embraer

Por falar em rivais, a Embraer, com o E195-E2, consegue brigar diretamente com o CS100, mas no caso do CS300 falta capacidade para equipará-lo embora o jato brasileiro seja até maior em comprimento (41,5 m).

A Swiss é uma das maiores clientes da nova família de jatos da Bombardier com 30 encomendas firmes entre o CS100 e o CS300. Até março, último boletim divulgado pela empresa, existiam 360 encomendas firmes, 123 do CS100 e 237 do CS300, além de 352 opções de compra. A maior cliente do jato é a americana Delta com 75 unidades da versão CS100. Já a Air Canada será a maior operadora do CS300 com 45 exemplares. É pouco perto dos números de Boeing e da Airbus, mas não deixa de ser uma pedrinha incômoda no sapato dessas duas.

Veja também: Rival da Embraer, CS100 voa de Londres a Nova York sem escalas

Primeiro CS300 é entregue à Swiss (Swiss)