Os Super Tucano em operação nos EUA foram montados pela fabricante local Sierra Nevada (Divulgação)

Os Super Tucano em operação nos EUA foram montados pela fabricante local Sierra Nevada (Divulgação)

Um avião de ataque leve Embraer A-29 Super Tucano caiu nos Estados Unidos, nessa segunda-feira (8). A aeronave, operada a partir da base aérea de Moody, se acidentou durante um voo de treinamento de rotina próximo a Homerville, no estado da Georgia. Os dois pilotos, membros do 81st Fighter Squadron da Força Aérea dos EUA (USAF), conseguiram se ejetar da cabine com segurança.

Ambos os tripulantes foram resgatados e enviados para avaliação médica. Segundo comunicado da USAF, os dois pilotos não se feriram e já foram liberados. A aeronave caiu em uma área residencial, mas não foram reportados danos às estruturas no local, nem vítimas em solo. O acidente está sob investigação

Os Super Tucanos do 81st Fighter Squadron atualmente são utilizados para a instrução de pilotos da força aérea do Afeganistão. A aeronave desenvolvida pela Embraer em operação nos EUA são montadas pela Sierra Nevada Corporation, parceira da fabricante brasileira.

Fonte: Poder Aéreo, Moody AFB

Veja mais: Exército Brasileiro encomenda mísseis da SAAB