John Glenn foi o terceiro homem a visitar o espaço (Domínio Público)

John Glenn foi o terceiro homem a visitar o espaço, depois dos soviétivos Gagarin e Titov (Domínio Público)

O primeiro norte-americano a entrar em órbita espacial, John Glenn, morreu nessa quinta-feira (8) nos Estados Unidos, aos 95 anos. Glenn estava internado há mais de uma semana em um hospital em Ohio, informou a assessoria do ex-astronauta. O motivo da internação e causas da morte não foram divulgados.

Após combater como piloto de caça na Segunda Guerra Mundial e na Guerra da Coreia, John Glenn foi selecionado no final da década de 1950 para participar do Projeto Mercury, que formou os primeiros astronautas da NASA.

No dia 20 de fevereiro de 1962, viajando a bordo da cápsula espacial Friendship 7, Glenn foi ao espaço pela primeira vez. A viagem durou cinco horas, o suficiente para realizar três voltar completas ao redor da Terra. Quando retornou, foi recebido como herói nacional. O astronauta participou de desfiles pelos EUA e foi condecorado pelo presidente John Kenedy.

Glenn também poderia ter ido a Lua, mas optou por se aposentar do serviço espacial e ficou de fora do Projeto Gemini, que originou as missões Apollo. No entanto, 36 anos depois o astronauta voltou a ativa.

Em 29 de outubro de 1998, participando de uma experiência para avaliar o comportamento de pessoas da terceira idade no espaço, John Glenn, aos 77 anos, voltou ao espaço, desta vez como membro da tripulação do ônibus espacial Discovery, em missão que durou dez dias. Após essa viagem, Glenn se tornou o homem mais velho a entrar em órbita.

John Glenn voltou ao espaço em 1998, na época com 77 anos (NASA)

John Glenn voltou ao espaço em 1998, na época com 77 anos (NASA)

Entre as décadas de 1970 até o final de 1990, Glenn foi membro do Partido Democrata, assumindo o cargo de senador em Ohio, seu estado natal, durante vinte e cinco anos, e depois candidato a presidência dos EUA, sem obter sucesso.

John Glenn foi o terceiro homem a visitar o espaço. O pioneiro foi o soviético Iuri Gagarin, que entrou em órbita no dia 12 de abril de 1961. Quatro meses depois da viagem de Gagarin foi a vez de Gherman Titov, outro soviético, até hoje o astronauta (ou cosmonauta) mais jovem a realizar uma viagem espacial, na época com 26 anos.

Veja mais: Trump pode cancelar novo Air Force One