O SpaceShipTwo tem espaço para até seis passageiros (Virgin Galactic)

O SpaceShipTwo tem espaço para até seis passageiros (Virgin Galactic)

A Virgin Galactic, que pretende oferecer voos turísticos para o espaço, testou nesse último sábado (3) o segundo exemplar do “avião espacial” SpaceShipTwo, chamado “VSS Unity”. Segundo a empresa, a aeronave realizou com sucesso um voo livre, após ser liberado na “nave mãe” WhiteKnightTwo, na região do deserto de Mojave, na Califórnia, nos Estados Unidos.

Esse foi o primeiro voo do SpaceShipTwo após o acidente com o primeiro protótipo do programa, em outubro de 2014, que matou um piloto e deixou o segundo tripulante seriamente ferido.

No novo teste, a aeronave foi comandada por Mark “Forger”, piloto-chefe da Virgin Galactic. Após o pouso, a empresa informou que o piloto estava “seguro e sadio”, assim como os outros dois tripulantes da WhiteKnightTwo.

“É um dia feliz para estar aqui”, disse Richard Branson, bilinário britânico fundador do grupo Virgin, em vídeo realizado antes do WhiteKnightTwo decolar. “Temos um ano emocionante pela frente, e este é apenas o começo”, completou.

Segundo a Virgin, o voo planado do protótipo serviu para testar os controles em voo e seu comportamento enquanto esteve ligado ao WhiteKnightTwo. A empresa planeja realizar outras rodadas de voos livres com a aeronave antes de iniciar novos testes com os motores.

Esse foi o primeiro voo do SpaceShipTwo após um acidente com o primeiro protótipo em 2014 (Virgin Galactic)

Esse foi o primeiro voo do SpaceShipTwo após o acidente com o primeiro protótipo em 2014 (Virgin Galactic)

Cerca de 700 “passageiros espaciais” já assinaram o cheque de US$ 250 mil para reservar um assento na SpaceShipTwo. O complexo projeto da Virgin Galactic, entretanto, ainda não tem uma data definida para ser concluído. Enquanto isso, interessados podem comprar seus bilhetes no site do grupo.

A nave turística é transportada até a altitude de lançamento pelo WhiteKnightTwo (Virgin Galactic)

A nave turística é transportada até a altitude de lançamento pelo WhiteKnightTwo (Virgin Galactic)

Veja mais: As espaçonaves do século 21