O caça F-5 fez contato com a mangueira, mas ainda não recebeu combustível (Divulgação)

O caça F-5 fez contato com a mangueira, mas ainda não recebeu combustível (Divulgação)

O KC-390 avançou mais uma etapa de testes nesse final de semana. O cargueiro multimissão da Embraer completou no domingo (19) o primeiro contato de reabastecimento seco de um caça F-5M Tiger da Força Aérea Brasileira (FAB). Neste teste, o caça apenas se conectou à mangueira de transferência, mas não recebeu combustível. A operação foi realizada a partir da Base Aérea de Santa Cruz, no Rio de Janeiro.

A Embraer anunciou a novidade nessa segunda-feira (20), no evento de artigos militares IDEX, em Abu Dhabi. Durante o exercício o caça da FAB ainda se conectou às duas mangueiras do protótipo do KC-390.

Frederico Lemos, diretor da aérea de negócios internacionais da Embraer Defesa e Segurança, disse ao Aviation Week que o KC-390 já provou variadas formas de reabastecimento, incluindo a baixa velocidade, necessária para realizar a transferência de combustível para helicópteros, função que também está prevista no projeto da aeronave.

Mais testes

Segundo a Embraer, os dois protótipos do KC-390 já somam 850 horas de campanha de testes. Os próximos ensaios programados são operações em pistas de pouso austeras, incluindo gelo e neve, e exercícios com vento cruzado, que serão realizados em Punta Arenas, no sul do Chile.

Os primeiros KC-390 serão entregues à FAB a partir de 2018 (Divulgação)

Os primeiros KC-390 serão entregues à FAB a partir de 2018 (Divulgação)

A declaração de “Capacidade Operacional Inicial” da aeronave está prevista para o final de 2017 e o certificado de “Capacidade Operacional Final” é esperado para o final de 2018. Os primeiros KC-390 estão programados para serem entregues à FAB no primeiro semestre de 2018.

A Embraer já iniciou a montagem dos primeiro KC-390 de série na fábrica em Gavião Peixoto (SP). Ao todo, a FAB, até o momento único cliente confirmado da aeronave, encomendou 28 unidade do novo cargueiro militar para substituir a frota atual de C-130 Hercules.

Veja mais: Embraer e Boeing firmam parceira para venda e suporte do KC-390