O Boeing 707 com as cores da Qantas é comandado pelo próprio John Travolta desde 1998 (Sunil Gupta)

O Boeing 707 com as cores da Qantas é comandado pelo próprio John Travolta desde 1998 (Sunil Gupta)

O ator John Travolta, também conhecido por ser piloto de aviões, anunciou nesse sábado (27) que decidiu doar seu “bem-amado” Boeing 707 a um museu aeronáutico na Austrália, administrado pela Sociedade de Restauração de Aviões Históricos (HARS).

A aeronave pertence ao astro de Hollywood desde 1998 e fica estacionada em sua própria residência, no “condomínio-aeroporto” Jumbolair, na Florida, nos Estados Unidos. Esse mesmo avião foi operado pela companhia aérea australiana Qantas Airways entre 1964 e 1968 e também já pertenceu ao cantor Frank Sinatra e o bilionário Kirk Kirkorian.

“É com grande prazer que faço este anúncio histórico de doar o meu bem-amado Boeing 707 à Sociedade de Restauração de Aviões Históricos (HARS)”, anunciou o ator, em texto publicado no site da HARS.

“O avião precisa atualmente de muito trabalho de restauração para poder garantir um voo seguro”, explicou Travolta. “Espero fazer parte da tripulação que irá levar o avião até à Austrália”, indicou. A data do traslado, porém, ainda não foi definida.

John Travolta é embaixador da Qantas, por isso a aeronave ostenta a pintura clássica da companhia, que em troca cuida da manutenção do 707. O ator nomeou o jato de “Jett Clipper Ella” em homenagem aos seus filhos Jett e Ella.

O ator de Hollywood também é embaixador da companhia aérea Qantas, da Austrália (Divulgação)

O ator de Hollywood também é embaixador da companhia aérea Qantas, da Austrália (Divulgação)

O ator vai doar seu 707, mas não vai ficar sem avião. O astro ainda possui dois jatos executivos, os modelos Gulfstream GII e um Eclipse 500, e um jato militar Soko G-2 Galeb, fabricado na antiga Iugoslávia.

O Boeing 707 fica estacionado na casa do ator, na Florida (Divulgação)

O antigo Boeing 707 fica estacionado na casa do ator, na Florida (Divulgação)

Veja mais: Antigo avião de Elvis Presley é leiloado por R$ 1,4 milhão