O ATR-72 (ex-Azul) já recebeu as cores da Flyways e todos as mudanças a bordo (Flyways)

O ATR-72 (ex-Azul) já recebeu as cores da Flyways e todos as mudanças a bordo (Flyways)

A Flyways Linhas Aéreas, nova companhia aérea baseada no Rio de Janeiro (RJ), recebeu nessa quarta-feira (16) a concessão da Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) para iniciar suas operações. O documento, que é válido por 10 anos e pode ser renovado, libera a empresa para reservar os “Horários de Transporte” (Hotran) e após a aprovação das rotas a venda dos bilhetes pode ser iniciada – o processo de solicitação e autorização pode levar até 30 dias.

Os voos da Flyways, que devem começar somente em janeiro de 2016, serão operados com pelo menos duas aeronaves ATR-72-500. A princípio, as viagens da nova empresa vão partir do Aeroporto Internacional do Galeão, no Rio de Janeiro (RJ), e terão como destinos cidades no estado de Minas Gerais, como Ipatinga, Uberaba e Belo Horizonte, onde pousará no aeroporto da Pampulha – outras companhias enviam seus voos para Confins, mais distante do centro metropolitano de BH.

Eliane Garlene, diretora comercial da empresa, já revelou em entrevista ao Airway que a empresa também negocia para operar no Aeroporto Santos Dumont (RJ).

Os ATR-72-500 adquiridos pela Flyways eram operados pela companhia Azul, que recentemente padronizou sua frota de aeronaves turbo-hélices passou a utilizar somente aparelhos ATR-72-600. O avião da nova empresa carioca tem cabine com 68 assentos e alcance de 1.500 km, ideal para rotas de curta distância e baixa demanda de ocupação.

O site oficial da Flyways já está no ar e com todas as ferramentas preparadas.

Veja mais: Conheça as companhias aéreas do Brasil que não são famosas