Os EUA planejam renovar a frota de helicópteros de transporte presidencial até 2023 (Sikorsky Aircraft)

Os EUA planejam renovar a frota de helicópteros de transporte presidencial até 2023 (Sikorsky Aircraft)

O Pentágono aprovou o projeto do novo helicóptero presidencial dos Estados Unidos, conhecido como “Marine One”, anunciou a Sikorsky Aircraft, fabricante subsidiária da Lockheed Martin, nesta semana. O modelo escolhido é o VH-92A, versão executiva e com equipamentos especiais baseada no S-92, um dos helicópteros mais avançados da atualidade.

Como explicou a fabricante, o governo americano aprovou a chamada “revisão crítica do projeto”, o que permite dar continuidade ao programa da aeronave, avaliado em US$ 1,2 bilhão. O contrato inclui o desenvolvimento de dois protótipos de voo e outros 21 aparelhos operacionais.

O VH-92A substituirá gradualmente os antigos VH-3 Sea King e mais adiante o VH-60N, baseado no conhecido UH-60 Black Hawk – ambos também fornecidos pela Sikorsky. O helicóptero presidencial dos EUA é operado pelo US Marine Corps (Corpo de Fuzileiros Navais dos EUA, que atua separado da Marinha – US Navy).

De acordo com a Sikorsky, o primeiro voo do VH-92A está programado para 2017 e todas as aeronaves devem estrar em serviço com os Marines até 2023.

Renovação da frota presidencial

Neste mês o governo americano também aprovou o desenvolvimento e produção da nova geração do avião presidencial dos EUA, o “Air Force One”. A aeronave será baseada no Boeing 747-8, a versão mais recente do Jumbo.

A Força Aérea dos EUA (USAF), responsável pela operação do Air Force One, possui desde 1990 dois aparelhos para essa função, baseados no Boeing 747-200. Até 2023, esses jatos devem substituídos por três 747-8 “zero km”.

O Sikorsky S-92 pode transportar 19 passageiros e passa dos 300 km/h (Sikorsky Aircraft)

O Sikorsky S-92 pode transportar 19 passageiros e passa dos 300 km/h (Sikorsky Aircraft)

Somente o contrato para o desenvolvimento da aeronave, que já foi confirmado, é avaliado em US$ 127 milhões. Mais adiante, Boeing e USAF devem assinar acordos adicionais para finalizar o novo Air Force One, assim como sua fabricação, prevista para começar até o final desta década.

Veja mais: Conheça os aviões de presidentes, reis e sheiks