A Esquadrilha da Fumaça voa desde 2013 com o A-29 Super Tucano (FAB)

A Esquadrilha da Fumaça voa desde 2012 com o A-29 Super Tucano (FAB)

Detentora do recorde mundial com a maior quantidade de aeronaves em voo invertido, a Esquadrilha da Fumaça recebeu neste mês, na sede em Pirassununga (SP), representantes do Guinness World Records, que entregaram o certificado ao esquadrão dez anos após a realização da façanha.

“É impressionante e espetacular o que a equipe fez em 2006 de voar, simultaneamente, com doze aviões em voo invertido. Estou muito feliz por poder vir ao Brasil para conhecê-los de perto e parabenizá-los pelo recorde”, disse Carlos Martínez, diretor do Guinness na América Latina.

Dois pilotos da equipe de 2006, que participaram do recorde mundial, estiveram presentes na entrega do certificado. O Coronel Aviador Afonso Henrique Junqueira comentou sobre o desafio. “Todos estávamos muito tranquilos na época, porque treinamos muito. Mais do que a marca de ter batido o recorde, ter vivido aquele momento foi um privilégio para mim e para todos que presenciaram”, relatou.

Outro aviador da equipe da época, o Coronel Ricardo Beltran Crespo, também falou sobre o momento. “As condições meteorológicas da época podiam interferir no momento, porém estávamos muito preparados. Passamos em frente ao público de aproximadamente 60 mil pessoas e foi marcante para todos nós”, contou.

Na época do recorde, a Fumaça ainda voava com o Embraer T-27 Tucano (EMB-312). O modelo atual, o A-29 Super Tucano, começou a operar com o esquadrão a partir de 2012.

Equipe da EDA com Carlos Martínez, representante do Guinness Book na América Latina (FAB)

Equipe da EDA com Carlos Martínez, representante do Guinness Book na América Latina (FAB)

O certificado go Guinness Book agora fica exposto no Salão Histórico do Esquadrão de Demonstração Aérea da Força Aérea Brasileira e pode ser conferido pelos visitantes. Saiba mais pelo site da Esquadrilha da Fumaça.

Veja mais: Primeiro KC-390 serão entregues em 2018