A Tianjin Airlines é o maior operador de jatos Embraer na Ásia, com mais de 60 aeronaves (Embraer)

A Tianjin Airlines é o maior operador de jatos Embraer na Ásia, com mais de 60 aeronaves (Embraer)

A Embraer realizou nesta sexta-feira (2), na fábrica em São José dos Campos (SP), a cerimônia de entrega do E-Jet número 1.300. A aeronave, um jato E195, foi entregue à companhia Tianjin Airlines, da China, hoje o maior operador de aeronaves da empresa brasileira na Ásia, com 45 jatos E195 e outros 20 modelos da série ERJ-145.

Durante a visita de Estado do presidente chinês Xi Jinping, em 2014, a Embraer e a Tianjin Airlines assinaram um acordo para até 20 E195 e 20 E190-E2, a próxima geração dos E-Jets. O primeiro E2 está programado para ser entregue à Tianjin Airlines em 2018, mesmo ano em que o modelo entra em operação – a companhia Azul será o primeiro operador do E2.

A Tianjin Airlines está entre os primeiros clientes da Embraer na China. Em 2008, tornou-se a primeira companhia aérea a operar um E-Jet no país, sendo também o Centro de Atendimento Autorizado da Embraer na região.

Embraer na China

A Embraer lidera o segmento de aviação regional na China, com uma participação de 80% das encomendas de aeronves desse tipo. Até o momento, a fabricante registrou pedidos para 190 aeronaves comerciais no país.

Veja mais: Embraer E190 estreia no Japão