O Cirrus SF50 Vision é avaliado em cerca de R$ 6,5 milhões (Cirrus Aircraft)

O Cirrus SF50 Vision é avaliado em cerca de R$ 6,5 milhões (Cirrus Aircraft)

A FAA, autoridade de aviação dos Estados Unidos, concedeu nessa terça-feira (2) a Cirrus Aircraft o certificado de produção em série do SF50 Vision, o primeiro jato monomotor “pessoal” do mundo. Com essa autorização, a fabricante norte-americana pode acelerar a produção da aeronave em sua unidade em Duluth, no estado de Minnesota.

A Cirrus já acumula mais de 600 encomendas pelo SF50 no mundo todo, inclusive no Brasil. Com a nova permissão, a empresa poderá produzir uma aeronave por semana. O objetivo da fabricante, porém, é ainda mais ambicioso: o plano prevê a construção de 125 unidades do Vision por ano, ou 2,5 aeronaves por semana.

O monojato da Cirrus recebeu o certificado de voo em outubro do ano passado e a primeira unidade foi entregue em dezembro, nos EUA. O próximo passo da fabricante é conseguir a aprovação da EASA, autoridade de aviação da Europa.

Jatinho

O SF50 Vision é uma aeronave VLJ (sigla em inglês para Jatos Muito Leves), mesma categoria do Embraer Phenom 100, que é bimotor. A aeronave, que também é a primeira com motor a jato desenvolvida pela Cirrus, pode transportar até sete passageiros.

A aeronave é projetada para voar a velocidade máxima de 555 km/h e 8.500 metros de altitude (28 mil pés). Segundo a fabricante, o alcance máximo do aparelho, que pode ser comandado apenas por um piloto, é de 2.040 km. O Vision é avaliado em cerca de US$ 1,9 milhão (aproximadamente R$ 6,5 milhões).

E se o único motor do falhar?

O monojato da Cirrus é equipado com um sistema de paraquedas balístico (CAPS) que pode ser acionado no caso de uma emergência. O aparato, também presente em outros aviões da empresa americana, desacelera a queda da aeronave até retornar ao solo, em segurança. O SF50 é o primeiro avião com motor a jato a receber esse recurso.

Os aviões da Cirrus são equipados com paraquedas balístico de emergência (Cirrus Aircraft)

Os aviões da Cirrus são equipados com paraquedas balístico de emergência (Cirrus Aircraft)

Veja mais: Embraer entrega primeiro Phenom EV