A Avianca Colômbia foi o primeiro operador do 787 na América do Sul (Boeing)

A Avianca Colômbia foi o primeiro operador do 787 na América do Sul (Boeing)

A Boeing entregou nesta semana o 500º jato comercial 787 Dreamliner, um modelo da série 787-8 a companhia aérea Avianca Colômbia. Com essa marca, o 787 alcançou o maior índice de produção da história no segmento de aeronaves com dois corredores (twin aisles). O jato entrou em operação comercial em 2011, com a empresa japonesa ANA.

“Alcançar 500 entregas é uma grande realização, tornada possível pelo trabalho árduo e a dedicação de nossos funcionários e fornecedores globais”, disse Mark Jenks, vice-presidente e gerente geral do programa 787 da Boeing Commercial Airplanes.

O Dreamliner já opera com 48 companhias aéreas pelo mundo todo, com as quais já realizou mais de 696 mil voos, transportando 133 milhões de passageiros.

Segundo a Boeing, a aeronave, disponível nas versões 787-8 e 787-9, é utilizada atualmente em mais de 530 rotas. A fabricante também está desenvolvendo a série 787-10, com estreia prevista para 2018.

Veja mais: Airbus A320 é o avião mais presente em aeroportos no mundo todo