Primeiro ATR 72 da Avianca Argentina decola

Segunda companhia aérea mais antiga do mundo (a primeira é a KLM), fundada em 1919 como SCADTA, a Avianca chegou oficialmente à Argentina em 2017. A primeira aeronave da filial argentina do grupo foi entregue nesta semana pela fabricante ATR. É um turbo-hélice ATR 72-600, parte de uma encomenda de 12 unidades firmes mais seis opções e foi fechado no ano passado pela Synergy, holding que controla as companhias aéreas Avianca da Colômbia (que deu origem ao conglomerado) e a Avianca Brasil, por sua vez, nascida como Ocean Air.

A operação na Argentina, que deve começar ainda no primeiro trimestre, no entanto, é bem mais modesta que a atuação em seus principais mercados. Com capacidade para até 78 passageiros, o ATR deve cumprir voos em rotas menos disputadas inicialmente – a empresa ainda não revelou os prováveis destinos, mas será baseada em Buenos Aires e também em Cordoba e Tucumán.

O ATR 72-600 da Avianca Argentina, prefixo LV-GUG, decolou de Toulouse, na França, na sexta-feira passada, 13, e nesta quinta (19) tinha previsão de pouso no Aeroparque, o aeroporto central de Buenos Aires. Ele é o primeiro modelo do tipo a ser registrado no país vizinho, segundo o fabricante, embora seja bastante popular no continente, incluindo o Brasil, onde a Avianca não possui esse tipo de equipamento.

“Nosso grupo tem operado com sucesso as aeronaves ATR em diferentes regiões da América Latina”, disse German Efromovich, CEO da empresa. Atualmente, a Avianca possui subsidiárias em países como Peru, Equador, Costa Rica e Honduras, entre outros – além, é claro, do Brasil e Colômbia. A empresa também é parte da aliança Star Alliance.

Veja também: Público elege antendimento da Avianca o melhor do Brasil