Boeing 777-200 da American: agora, o mesmo padrão do 777-300ER (Masakatsu Ukon)

A American Airlines finalizou a atualização dos interiores de seus jatos Boeing 777-200 utilizados nas rotas para o Brasil. A modernização equiparou esses aviões aos mais novos 777-300ER, que foram recebidos a partir de 2012 e contam com mais conforto e tecnologia – e na época significaram um um enorme contraste em relação ao padrão anterior.

Hoje, os 777-200 são usados nos trechos entre São Paulo e Miami e também Los Angeles (onde substituíram o 787) e nos voos que saem do Rio de Janeiro com destino a Miami e Nova York – a American ainda tem uma segunda frequência para Guarulhos-Miami operada pelo 777-300ER além dos voos para seu hub em Dallas.

Com o retrofit, o jato passa a contar com 289 assentos (252 na econômica e 37 na executiva) exceto o modelo que voa entre o Rio e Nova York, com 215 poltronas na classe econômica e 45 na executiva. Agora os passageiros podem contar com acesso a wi-fi, entradas USB, tomada universal e sistema de entretenimento touchscreen com acervo de 250 filmes, 180 programas de TV além 350 opções de áudio. O interior também exibe uma iluminação mais agradável que simula o céu em vários tons.

Business class

A classe executiva passa a contar com assentos-cama individuais com até 1,95 m de comprimento e que possuem uma área de trabalho ampla e privada. A American também disponibiliza um bar  com acesso pleno a bebidas e lanches.

A American Airlines está no Brasil desde 1990 e é hoje a companhia aérea dos Estados Unidos que mais transporta passageiros entre os dois países.

Veja também: American vai retomar voo entre o Rio e Dallas